Motoboys paralisam trânsito de João Pessoa em manifestação após caso de agressão de cliente

O trânsito de João Pessoa, ficou paralisado após uma manifestação organizada por motoboys na noite de ontem (02) no bairro do Cuiá. O protesto foi realizado após um caso de agressão nessa quarta-feira (1º), quando um cliente teria agredido um entregador.

Os integrantes do protesto também se mobilizaram contra a Polícia, alegando que os policiais teriam agido com truculência contra a categoria. As vias de acesso à uma rotatória que liga os bairros do Geisel, José Américo, Água Fria e Valentina ficaram por horas bloqueadas pelos manifestantes. A PM foi chamada para controlar a situação e liberar o trânsito.

Entenda o caso – O fato ocorreu após um desentendimento entre um entregador por aplicativo e um cliente que acabou se transformando em confusão, na noite de ontem, gerando protesto de dezenas de motoboys e a depredação de uma academia, no bairro do Cuiá, na zona Sul da capital.

Uma guarnição do 5º Batalhão de Polícia Militar (5º BPM) foi chamada e até a Tropa de Choque foi deslocada para conter os manifestantes. O imbróglio foi iniciado depois que uma cliente não quis oferecer o código de validação da entrega que o aplicativo de entrega exige e chamou o marido, que acabou discutindo com o motoboy e o expulsando do local.

O motoboy comunicou sobre as ameaças que sofreu em grupo de conversação, dezenas de motoboys foram ao local protestar, destruindo as vidraças do 1º andar e da fachada de uma academia de musculação.

PB Agora