Suspeito de matar filho de um mês é liberado em audiência de custódia

O suspeito de matar um bebê recém-nascido foi liberado após passar por audiência de custódia. A criança de um mês de idade morreu na madrugada desta segunda-feira (8), em Arez, no Rio Grande do Norte. O pai foi preso em flagrante por violência doméstica.

A Polícia Civil investiga o caso e as causas da morte do recém-nascido. Segundo informações, a Polícia Militar foi acionada para atender a ocorrência de violência doméstica, na madrugada desta segunda-feira. Ao chegar no local, a criança foi encontrada com escoriações no rosto. O pai foi preso em flagrante.

O bebê ainda foi conduzido para o atendimento médico na Unidade Mista Doutor Juca, mas chegou morto.

De acordo com o relato dos pais do bebê, a criança foi atingida por uma bola na rua e apresentou sangramento durante a madrugada.

A prisão em flagrante foi homologada e concedida liberdade provisória com estabelecimento de medidas cautelares:

a) proibição de ausentar-se da comarca por um prazo superior a 30 (trinta) dias enquanto durar o inquérito policial / ação penal;
b) proibição de alterar o endereço sem antes comunicar ao Juízo natural responsável pela persecução penal;
c) não reiterar em práticas delitivas;
d) obrigação de comparecer a todos os atos do processo.
e) comparecimento mensal em Juízo até o dia 10 (dez) de cada mês enquanto durar o inquérito policial / ação penal.