Empresa do Grupo João Rafael recebe visita técnica para oficialização do selo de Empresa Estratégica de Defesa no Brasil

Nesta terça-feira, dia 13, a Raicon, Empresa do Grupo João Rafael, recebeu uma visita técnica de integrantes do Ministério da Defesa, do Exército brasileiro e da Aeronáutica, com a finalidade de oficializar a integração do selo de empresa estratégica de defesa para o Brasil (EED).

A visita foi acompanhada pelo empresário João Rafael, presidente do grupo, que apresentou aos integrantes da comitiva, as instalações da empresa que estava em plena atividade.

Essa certificação faz parte da Estratégia Nacional de Defesa do Brasil, que visa a modernização e o fortalecimento das Forças Armadas Brasileiras, ou seja, a segurança do país. Para obter este importante título a Raicon, passou por avaliações criteriosas para que fosse comprovada a capacidade de produção e de atividades tecnlógicas essenciais para a manutenção da soberania nacional.

Para receber o selo EED, uma empresa precisa preencher uma série de requisitos como, por exemplo, ter sua sede administrativa e industrial no Brasil, investir constantemente em atividades de pesquisa e ter maioria de brasileiros em seu quadro de acionistas. Além disso, uma das condições mais importantes diz respeito ao compartilhamento tecnológico, uma vez que as empresas certificadas devem dividir com as Forças Armadas do Brasil os direitos de propriedade intelectual e industrial de seus produtos. Em contrapartida, são autorizadas a ter acesso à estrutura das Forças Armadas para desenvolver novas tecnologias, sua estrutura de inovação e aprimorar sua capacidade tecnológica.

A empresa Raicon (Rafael indústria de Confecções Ltda) que atua no setor de confecção e tem produzido vestimentas para unidades das forças armadas brasileiras, além de outras confecções e está localizada no distrito industrial de Guarabira e vem a décadas gerando emprego e renda na região.

O ato que torna a Raicon empresa estratégica de defesa já foi publicano no Dário Oficial da União, agora sendo devidamente autorizada pelo ministério da defesa para o uso do selo de certificação.